FFER define árbitros para abertura do returno

A Comissão de Arbitragem da FFER (Federação de Futebol do Estado de Rondônia) sorteou na manhã desta terça-feira os árbitros para a primeira rodada do segundo turno do Campeonato Rondoniense Sicoob 2017. Todas as partidas serão realizadas no domingo a partir das 16 horas (horário de Rondônia).

Para a partida entre Real Ariquemes e VEC foi escalado o árbitro Lindomar Kuhn, que será auxiliado por Reginaldo Alves Melo e Joverton Wesley de Souza, enquanto que Maicon Pessoa de Souza será o quarto árbitro. O encontro será no domingo no estádio Gentil Valério, em Ariquemes.

Para o duelo entre Guajará e Rondoniense foi selecionado o árbitro Benildo Lima dos Santos que será assistido por Anderson Denny Grifftts e Edmar Kapiche Luciano, enquanto que Fledes Rodrigues Santos será o quarto árbitro. O jogo será no domingo no estádio João Saldanha, em Guajará-Mirim.

Para o encontro entre Genus e Ji-Paraná foi escolhido o árbitro Jonathan Antero Silva, que atuará ao lado dos assistentes Davi da Silva Oliveira e Cristiano Pereira Lopes, enquanto que Alvaro Araújo da Silva será o quarto árbitro. A partida será no domingo no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho.

Para o confronto entre Barcelona e Ariquemes foi designado o árbitro Servilio Patricio Oliveira que trabalhará ao lado dos assistentes Valdebranio da Silva e Gilmar Holanda de Souza, enquanto que o quarto árbitro será Jurandir Lico de Camargo. O jogo será no domingo no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena.
26 abril 2017
Editado por Patricky Gabriel Sarturi, Postado por: Pedro Tozzo

Rondoniense 2017: Veja como ficou a tabela de classificação do 1º turno.


25 abril 2017
Editado por Patricky Gabriel Sarturi, Postado por: Pedro Tozzo

Em pico de emoção, técnico do VEC chuta placa publicitária do Aluizão

"Não foi proposital, muito menos para atingir ninguém, foi um pico de emoção que infelizmente ocasionou o dano na placa", afirma Odilon sobre ocorrido no último jogo.


O Rondoniense publicou uma nota de esclarecimento na página oficial do clube na manhã desta segunda-feira, 24, sobre a atitude do técnico do Vilhena, Odilon Júnior, que durante o jogo entre as equipes que aconteceu no domingo, 23, no estádio Aluízio Ferreira, chutou uma placa publicitária, vindo a danificá-la. O jogo foi válido pela última rodada do Campeonato Rondoniense.
Técnico do VEC danifica placa publicitária no Aluizão (Foto: Rondoniense/ Facebook )Técnico do VEC danifica placa publicitária no Aluizão (Foto: Rondoniense/ Facebook )

Após um lance do jogo, o técnico Odilon chutou uma placa de publicidade do Rondoniense, causando danos na lona. O profissional afirma que não teve intensão de danificar ou afrontar a diretoria do clube, assim como torcida e time.  
- Não foi proposital, muito menos para atingir ninguém. Foi um pico de emoção que infelizmente ocasionou o dano na placa. Em nenhum momento fiz de propósito, espero que isso fique claro, pois apesar de não ter feito para quebrar nada, me senti lesado pela nota de esclarecimento, já que trabalhei pelo clube e sabem da minha índole. 
O presidente do Rondoniense, Antônio Tadeu afirma que não pedirá ressarcimento do clube nem do técnico Odilon Júnior, que apesar de repudiar qualquer indício de violência, entende a atitude do profissional.  
- Entendo a atitude dele, quando estamos em um jogo, nossos nervos ficam a flor da pele, acredito que isso foi apenas um detalhe. Não vamos requerer ressarcimento, pois não há necessidade. A nota de esclarecimento foi feita para nossos torcedores que presenciaram o fato e não sabiam o que de fato havia ocorrido.  
O jogo entre Rondoniense e Vilhena terminou em 2 a 1, de virada o Periquito da Zona Leste venceu o VEC e segue na competição estadual com 11 pontos na tabela geral do campeonato.  
Editado por Patricky Gabriel Sarturi, Postado por: Pedro Tozzo

Autor do gol do VEC diz que falta de atenção dos colegas foi rival na partida


Rafael Carioca marcou o único gol do Vilhena na partida contra o Rondoniense terminada em 2 a 1, no estádio Aluízio Ferreira, pela sétima rodada do estadual.


A vantagem do primeiro gol no placar, marcado pelo camisa 3 do Vilhena, Rafael Carioca, na tarde do domingo, 23, não foi o bastante para manter o ânimo dos companheiros no confronto contra o Rondoniense. O jogo válido pela última rodada do primeiro turno do campeonato estadual foi realizado no estádio Aluízio Ferreira, e terminou com vitória de virada para o time da casa.
Carioca fez o único do gol Vilhena (Foto: Jheniffer Núbia)Carioca fez o único do gol Vilhena (Foto: Jheniffer Núbia)
O autor do único gol do Lobo do Cerrado, Rafael Carioca, explica que a vantagem, de início no placar, acomodou os companheiros em campo.
- No segundo tempo nosso time voltou muito apático e pensando que ia fazer o gol na hora que quisesse. Mas não é assim não! Tem que ter atenção do começo ao fim. Voltamos com desatenção e tomamos dois gols.
Carioca diz que a arbitragem também não colaborou e não marcou as faltas que ocorreram em campo. Agora, o time foca no próximo turno, que inicia no dia 30, com confronto entre Real e Vilhena. 
- O juiz com certeza ajudou o outro time também. Marcou duas faltas que não aconteceram, sempre contra a gente. Ninguém gosta de derrota e toda essa viagem não valeu. Agora é manter o treino forte para o próximo jogo. 
Editado por Patricky Gabriel Sarturi, Postado por: Pedro Tozzo

"Nossa equipe não soube jogar com liderança", diz goleiro do Vilhena



Após enfrentar o Rondoniense, goleiro do VEC, Fernando Henrique, analisa o jogo e diz que não saber jogar com liderança foi maior rival e arbitragem não ajudou.


Com a camisa de número um e debaixo das traves, Fernando Henrique, goleiro do Vilhena, analisou o desempenho dos colegas na tarde do domingo, 23, no estádio Aluizão. O jogo pela sexta rodada do primeiro turno do campeonato estadual, contra o Rondoniense, terminou com virada do dono da casa e placar em 2 a 1. O goleiro, que tentou segurar o placar em favor do Lobo do Cerrado, ressalta que a falta de liderança entre os próprios companheiros em campo foi um dos maiores erros cometidos na partida.
- Nossa equipe não soube jogar com a liderança teve tudo para fazer um segundo gol, mas a gente foi precipitado em apenas se defender e acabou chamando a equipe do Rondoniense para cima da gente. Não conseguimos segurar o resultado.
Fernando, goleiro do Vilhena (Foto: Jheniffer Núbia)Fernando, goleiro do Vilhena (Foto: Jheniffer Núbia)
Com o fator tranquilidade em falta, Fernando ressalta que a precipitação do time foi outro rival do VEC em campo.
- Faltou criar mais situações de gol para conseguirmos o empate novamente. Na minha visão, faltou um pouco mais de tranquilidade quando a gente roubava a bola para conseguir acionar nossos atacantes melhor. A gente estava roubando a bola, mas sempre acabava quebrando a jogada.  
Goleiro Fernando (Foto: Jheniffer Núbia)Goleiro Fernando (Foto: Jheniffer Núbia)
O goleiro diz que a arbitragem também não favoreceu o time e ainda diz ter sentido um certo descaso do trio.
- Complicado falar sobre a arbitragem! O lance do gol do Rondoniense, na minha opinião, a falta foi clara em cima do Pedro. Paciência! Não dá para ficar esperando. Temos que fazer nossa parte para não correr o risco de ser prejudicado.
*Jheniffer Núbia, estagiária, sob a supervisão de Daniele Lira. 
Editado por Patricky Gabriel Sarturi, Postado por: Pedro Tozzo

Em jogo com arbitragem confusa VEC é derrotado pelo Rondoniense mas se mantêm no G4


Mais uma vez, a diretoria do Vilhena Esporte Clube (VEC), saiu descontente de uma partida do Campeonato Rondoniense Sicoob 2017. O Lobo do Cerrado foi derrotado de virada pelo Rondoniense em partida apitada pelo árbitro Salvino Rosa da Silva.
Mesmo com alguns desfalques na equipe, o técnico Odilon Júnior, montou um bom esquema de jogo, e os jogadores fizeram um começo de jogo arrasador. Com 10 minutos de bola rolando, já com algumas chances de gols perdidas, o lateral direito Thiago cobrou escanteio e o zagueiro Rafael Carioca cabeceou e marcou o primeiro gol do jogo. Após abrir o placar o VEC continuou mandando na partida e teve outras boas chances de ampliar a vantagem, todas elas desperdiçadas. Só no primeiro tempo o Vec teve 3 impedimento assinalados, todos eles de marcação duvidosa. O que gerou muita reclamação no banco do time visitante.

Em jogo com arbitragem confusa VEC é derrotado pelo Rondoniense mas se mantêm no G4
Na segunda etapa se caracterizam as maiores reclamações dos vilhenenses. Aos 10 minutos, uma bola lançada na área do goleiro Fernando Henrique, e bloqueada pelo lateral direito Pedro Paulo, originou o gol de empate. Segundo o técnico Odilon, houve falta clara no lance. “O nosso jogador foi empurrado dentro da nossa área. O juiz estava há menos de 5 metros do lance e não marcou nada”, disse o treinador.
O segundo gol do Rondoniense também gerou reclamações, já que na origem da jogada, o juiz assinalou uma falta e o jogador do VEC caiu pedindo atendimento. O jogador Fernandinho cobrou a falta mesmo com o jogador vilhenense ainda deitado no gramado e deu números finais ao jogo.
Aos 49 minutos, Robinho, atacante do Lobo, teve a chance de empatar a partida, mas o goleiro Biro fez grande defesa.
Com a derrota o VEC segue com 8 pontos e termina o 1° turno do estadual na 4ª colocação.
Odilon Júnior, disse que o importante é se manter entre os 4 colocados. “O VEC é muito forte em decisões. Nosso time ainda está se encontrando. Iremos sim nos classificar para as finais e lutar pelo título. Sobre a arbitragem não quero falar nada, mas quem viu o jogo, sabe que houve alguns erros graves que influenciaram no resultado”, declarou o treinador.
A próxima partida do VEC será diante do campeão do 1º turno, Real Ariquemes na cidade de Ariquemes, no próximo domingo, 30 de abril.
Ficha Técnica
Rondoniense 2 x 1 VEC
Local: estádio Aluízio Ferreira (em Porto Velho);
Árbitro: Salvino Rosa da Silva;
Assistentes: Marcia Bezerra Lopes Caetano e Cristiano Pereira Lopes; 4º árbitro: Servilio PAtricio Oliveira;
Gols: Rafael Carioca aos 10′ do 1º; Eduardo Biscola aos 10′ e Fernandinho aos 23′ do 2º;
Cartões amarelos: Marquinhos Carioca e Quintino (Rondoniense); Lukão e Thiago (VEC);
Público pagante: 41 torcedores; Renda: R$ 570,00
Rondoniense
Biro; Hércules, Dhonathan, Bruno Braúna e Marquinhos Carioca; Cabelo, Quintino, Elvis (Pither) e Fernandinho; Eduardo Biscola (Careca) e Tanaka (Alesson). Técnico: Elias Santana.
VEC
Fernando Henrique; Thiago, Rafael Carioca, Luan Bispo e Lukão (Alex); Fábio Salsicha, Pedro e Kaoan (Neymar); Robinho, Kaio e Lucas Freire (Bregueeth). Técnico: Odilon Júnior.

Texto e foto: assessoria 
24 abril 2017
Editado por Patricky Gabriel Sarturi, Postado por: Pedro Tozzo

Técnico do VEC diz que "arbitragem é tendenciosa" em jogo contra o RSC


Após a virada no placar e perder de 2 a 1 para Rondoniense, o treinador do Vilhena, Odilon acusa arbitragem de ter sido tendenciosa na partida.


No comando do Vilhena no fim de semana no estádio Aluízio Ferreira em Porto Velho, o treinador Odilon viu o placar, que no primeiro tempo estava 1 a 0 para o Lobo, virar e se tornar positivo para o rival, o Rondoniense. Chateado com a arbitragem, o treinador disse que foi tendenciosa.
Rondoniense e Vilhena (Foto: Jheniffer Núbia)Rondoniense e Vilhena (Foto: Jheniffer Núbia)
Com o placar finalizado em 2 a 1, Odilon disse que arbitragem foi tendenciosa e não marcou falta necessário em campo.

- A arbitragem é tendenciosa, o primeiro gol dos caras estava nítida a falta em cima do Pedro Paulo e o arbitro estava de frente com ele, mas não deu a falta, isso porque não quis.

Assumindo a responsabilidade pela virada no placar, Odilon conta que o time recuou no segundo tempo.
- No segundo tempo nós recuamos muito e chamamos o Rondoniense para cima, o que resultou em dois gols.
Odilon reclama da arbitragem na sétima rodada (Foto: Jheniffer Núbia)Odilon reclama da arbitragem na sétima rodada (Foto: Jheniffer Núbia)
De volta para casa com a derrota na mala, o treinador conta que a solução será a intensificação nos treinos.
- A sensação é ruim de voltar para casa com gosto de derrota, mas vamos erguer a cabeça e trabalhar para conquistar os três pontos contra o Real, pois a nossa meta é estar entre os quatro. 

*Jheniffer Núbia, estagiária, sob a supervisão de Daniele Lira. 
Editado por Patricky Gabriel Sarturi, Postado por: Pedro Tozzo

Com baixas na equipe VEC desembarca na capital para enfrentar o Rondoniense

 A delegação do Vilhena Esporte Clube desembarcou na capital do Estado, Porto Velho, às 10h00 da manhã deste sábado, 22, onde na tarde deste domingo, 23, encara a equipe do Rondoniense válida pela última rodada do Campeonato de futebol 2017.


Apesar do retorno do capitão da equipe, Luan Bispo, o técnico Odilon Júnior tem algumas baixas consideráveis para o jogo. Ficam de fora os volantes titulares Tarcísio e Fábio Bahia, ambos lesionados e o meia Luiz Henrique, que cumpre suspensão por ter recebido o 3º cartão amarelo na partida diante do Ariquemes. Além desses, Bruno Santa Rosa, lateral esquerdo que se contundiu na 3ª rodada, segue lesionado e nem ao menos viajou com a equipe. Outro que ficou em Vilhena para tratamento é volante Mazinho.
Com isso, a delegação veio para Porto Velho composta de 3 jogadores da base. O zagueiro Luquinhas, Vinicius meia-atacante e o lateral esquerdo Lukão, que vem atuando como titular.
Vilhena Esporte Clube e Rondoniense se enfrentam às 16h00 do domingo 23, no Estádio Aluízio Ferreira. VEC E Rondoniense somam o mesmo número de pontos no estadual (8), a diferença está no saldo de gols. O time da capital tem 1, enquanto o Lobo do Cerrado está com o saldo zerado.
Texto e foto; Assessoria

22 abril 2017
Editado por Patricky Gabriel Sarturi, Postado por: Pedro Tozzo

Lateral dedica gol da vitória do Vilhena para a família em São Paulo

Numa cobrança de falta, Thiago fez um gol bonito no canto esquerdo do goleiro do Ariquemes. O próximo confronto do Lobo é contra o Rondoniense, no Aluízio Ferreira.


Thiago marcou o gol da vitória (Foto: Eliete Marques)Thiago marcou o gol da vitória (Foto: Eliete Marques)
Domingo de Páscoa é dia de estar com a família, ao menos é o que reza a tradição da data. Contudo, o lateral direito Thiago Santos estava a trabalho vestindo a camisa do Vilhena e ainda queria fazer algo diferente, e conseguiu. Em uma cobrança de falta, fez um gol bonito no canto esquerdo do goleiro do Ariquemes. O gol foi dedicado à família, que mora em Ribeirão Preto, São Paulo.
- Dedico o gol a minha família que está comigo apesar da distância, principalmente a minha mãe e a meu avô, que já faleceu mas está me iluminando lá de cima. Conversamos muito antes do jogo, para gente se doar ao máximo. No domingo de Páscoa estávamos longe de casa, longe da família mas todo mundo tem um propósito aqui. Eu queria contribuir de alguma forma e Deus me abençoou com o gol da vitória – comemora.
Thiago estreou na terceira rodada no Rondoniense, depois de atuar no Cacerense pelo Campeonato Mato-Grossense, e diz que a união do time está sendo um diferencial. O próximo confronto do Lobo do Cerrado acontece no Aluízio Ferreira, no próximo domingo, 23, contra o Rondoniense.
- Essa vitória já vinha batendo na trave, mas hoje graças a Deus e com o empenho e doação de todos, conquistamos os três pontos, que era o mais importante para a  gente. O grupo está muito fechado. A gente pecou muito na finalização, mas a gente tá junto - finaliza.
19 abril 2017
Editado por Patricky Gabriel Sarturi, Postado por: Pedro Tozzo
Tecnologia do Blogger.

MUSEU VIRTUAL

COMPAREÇA AOS JOGOS

COMPAREÇA AOS JOGOS

FUTEBOL DE RONDÔNIA

OFERTAS

LOBOS DO CERRADO

Arquivo

Copyright © Vilhena Esporte Clube - Blog do Torcedor - Criado por João Eduardo Caldeira - Design por Patricky Gabriel Sarturi